REVISTA Nº 001

40-spacer

1 – CONTRIBUIÇÕES DA TECNOLOGIA EDUCACIONAL NO CONTEXTO DA SALA DE AULA

SOUZA De, Raphael Pires

NETO, Enéas Arrais

LER O RESUMO

O  presente  estudo  bibliográfico  se  propõe  a refletir  sobre  Contribuições  da  Tecnologia Educacional  no  Contexto  da  Sala  de  Aula, para  tanto  são  mostradas  a  legislação  e concepções  de  alguns  teóricos  tais  como: Sampaio &  Leite (2005),  Pocho, et  all (2012), Perrenoud  (2000),   Moran  (1991),  Libâneo (1994),  dentre  outros.  A  metodologia desenvolvida  oportunizou  valorizar  a tecnologia no contexto da contemporaneidade especialmente  a  tecnologia  educacional.  As reflexões observadas nos leva a compreender o valor da formação permanente do professor incluindo  a  apropriação  de  conhecimentos referentes  às  novas  tecnologias.  O  estudo mostra ainda que o processo de aprendizagem pode  ser  estimulado  pelo  uso  de  tecnologias simples,  ou  complexas  para  atender  as necessidades  de  todos  os  alunos  o  que  nos induz  a  afirmar  a  importância  do  letramento informacional na função docente.

txt-completo

40-spacer

2 – REFLEXÕES SOBRE A PRÁTICA DA PESQUISA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR EM FUNÇÃO DA DIVERSIDADE 

Timbó, RAIMUNDA CID

LER O RESUMO

O presente artigo discute sobre a contribuição da  pesquisa  na  formação  inicial  e  continuada do professor. O envolvimento com a pesquisa científica  é  um  desafio  que  enriquece  a formação  acadêmica  e  a  aquisição  do conhecimento  que  irão  acompanha-los  para sempre.  Portanto,  essa  rica  experiência  de estudo  servirá  de  base  para  o desenvolvimento do pensamento analítico e da visão  crítica  da  realidade,  que  são  os  pilares da construção de uma atitude científica que dá suporte  a  qualquer  carreira  profissional consistente.  Ressaltando  que  no  ensino superior, a pesquisa é um dos três objetivos a que  se  dedicam  as  instituições,  ao  lado  do ensino e da extensão universitária.

txt-completo

40-spacer

3 – OS JOVENS NA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO CEARÁ E O EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO ENQUANTO FERRAMENTA DE INGRESSO

SILVA, Danielle dos Santos

LER O RESUMO

A  pesquisa  aqui  proposta  tem  por  objetivo analisar  as  metodologias  abordadas  no tocante ao preparo de jovens para o ingresso nas  instituições de ensino superior a partir do Exame  Nacional  do  Ensino  Médio  lançando um  olhar  para  os  malefícios  e  segregações que  são  vivenciados  no  espaço  educacional de  instituições  preocupadas  em  manter  a ideologia  do  primeiro  lugar  e  levantando possíveis  hipóteses  para  a  aceitação  destas práticas  pelas  famílias,  tal  proposito  foi impulsionado pelas inquietações centrais: por que as instituições de ensino médio segregam os  alunos e  acabam  por  ofertar  melhores condições a alguns do que a outros? Por que o ingresso nas universidades é algo ainda de tão  difícil  acesso?  Para  desenvolvimento  da mesma  serviram  como  referencia  os  autores Antunes  (2014),  Buarque  (2014)  e  Carneiro (2012), dentre outros que atuam na construção de  pesquisas  pertinentes  ao  cenário educacional. Ao final o que se espera de fato não  é fornecer respostas  prontas mas causar novas  inquietações  para  que  a  temática continue  a  ser  explorada  e  possa posteriormente  favorecer  posturas  para  o aumento  de  cada  vez  mais  jovens  no  meio acadêmico, se isso os satisfizer, gerando que formas  que  possibilitem  proximidade  entre  as escolas  regulares  e  o  ambiente  acadêmico para  facilitar  o  ingresso  e  permanência  dos jovens nestes espaços.

txt-completo

40-spacer

4 – EDUCAÇÃO UM DESAFIO TECNOLÓGICO

RAMOS, Flávio Ribeiro Carvalho

LER O RESUMO

A  proposta  deste  trabalho  é  contribuir  com  a educação promovendo um debate que se vem desenvolvendo em volta do papel da natureza da  tecnologia  para  a  educação.  No entrelaçamento  de  conceitos  complexos,  o resultado  final  pretendido  será  um  marco  de compreensão  para  a  vinculação  entre  ética  e cidadania,  de  um  lado,  e  educação  de  outro, com  propósito  de  serviço  para  a  inclusão  do indivíduo na sociedade em seu contexto geral tendo  como  ferramenta  a  educação.Compreender  como  funciona  a  tecnologia  no ato  da  educação,  possibilitando:  um  ensino melhor,  formação  continuada,  ambiente  de trabalho,  entre  outros.  Quando  o  professor conhece o significado que tem a tecnologia, a educação  ganha  cada  vez  mais  qualidade, pois  está  trazendo  para  a  educação  a evolução  que  nela  consiste  hoje,  a  educação passou  e  passa;  por  vários  processos  de construção,  todos  os  dias  há  um  novo progresso  nos  meios  de  comunicação  e linguagem  tecnológica  entre  outros  avanços, sempre em prol de  uma educação melhor, no sentido  de  formar  cada  vez  mais alunos/cidadãos aptos a atuarem no mercado de trabalho. Para que se  tenha um ganho na qualidade da  educação se faz  necessário por parte  do  professor  conhecer  o  processo  de aprendizagem  que  nos  apresenta  a  era informacional  como  um  sistema  formado  por um  conjunto  de  elementos  que  favorecem  a compreensão,  a  educação  e  o  conhecimento apresentando  os  pontos  essenciais  para  este conjunto. Neste contexto vislumbraremos que, essa  nova  forma  de  educar,  comunicar  e informar  promova  um  diálogo,  inclusão  e  uso em todos os aspectos da sociedade.

 

txt-completo

 

40-spacer

5 – SÍNDROME DE BURNOUT EM PROFESSORES DO ENSINO SUPERIOR: Possíveis relações entre a exaustão física e emocional com a atividade da docência.

MENDONÇA De, Ana Carolina Ferreira
BEZERRA, José Airton De Castro

LER O RESUMO

 

O estresse ocupacional constitui-se como uma experiência  extremamente  desagradável  e está  associada  a sentimentos  de  sofrimento, tensão,  ansiedade,  frustração  e  depressão,  e que são desencadeados por fatores presentes no ambiente de trabalho. Essas condições de estresse  podem gerar  um  estado  de adoecimento denominado  como  Síndrome  de Burnout.  Esse  artigo  terá  como  objetivo abordar  os  fatores  que  podem  causar a Síndrome  de  Burnout  em  professores  que lecionam no ensino superior. Com o intuito de refletir  a  partir  das relações  complexas decorrente dessa  Síndrome,  vamos  a  um primeiro momento, descreveremos as relações institucionais entre os professores e os alunos como  fatores  que  podem  interferir  na  saúde mental dos professores e depois discutiremos as  relações  não  saudáveis  que  o  professor pode  manter  com  os  seus  colegas  e  com  a instituição  na  qual  trabalha  e  por  último mencionaremos  a  angústia,  que  pode  vir  a aparecer  em  alguns professores,  por ocuparem um lugar de tanta responsabilidade e  permeado  por  tantas  cobranças,  metas, competitividade.  Nesse  sentido,  realizam-se um  estudo  bibliográfico  com  as  contribuições de  vários  autores, estudiosos,  pesquisadores sobre a temática desse trabalho.

txt-completo

 

 

40-spacer

6 – ENSINO SUPERIOR E MERCADO DE TRABALHO: a dificuldade dos profissionais do ensino superior para entrar no mercado de trabalho.

SANTIAGO, Paulo Eduardo De Souza

LER O RESUMO

O escopo central deste artigo é analisar os requisitos necessários pelos profissionais recém-formados para ingressar no mercado de trabalho. As novas variáveis presentes no mercado deste novo tempo exigem uma mudança nos paradigmas organizacionais e profissionais. Essas concepções serão apresentadas nesse artigo consubstanciadas nas ideias de autores como Luckesi,Chiavenato, Tamayo, Paschoal, Trevisan, dentre outros. Neste novo cenário surgiram novos setores de atividades que se manifestam como elementos indispensáveis na busca pela diversidade competitiva, conduzidos por uma submissão cada vez maior às tecnologias da informação, com a utilização gradativa desses sistemas de informação para administrar o negócio. Isso porque a consolidação da sociedade do conhecimento em um universo globalizado passou a exigir que esses conhecimentos fossem desenvolvidos, processados e difundidos com tamanha rapidez que de alguma forma não tem sido acompanhados pelos recém-formados e pelas organizações empresariais. Essas dificuldades aliadas à transformação da sociedade, a globalização e a expansão da tecnologia fazem com que o grande diferencial competitivo das organizações passe pela capacidade intelectual dos recursos humanos, bem como as atribuições desenvolvidas pelos indivíduos que nelas atuam, podendo assim, atender à
demanda pelo imediatismo, pautado pela conexão interna dos processos, e também pelo desenvolvimento de habilidades para se adaptar às mudanças mercadológicas.

txt-completo

 

40-spacer

7 – DOCÊNCIA NA EAD: O PAPEL DO TUTOR NO PROCESSO DE ENSINO E DA APRENDIZAGEM
SILVA Da, Fernanda Maria Diniz

LER O RESUMO

 

O desenvolvimento das tecnologias de informação e da comunicação proporcionou o fortalecimento da educação a distância a partir do uso de inúmeros recursos disponibilizados pela Internet. Nesse cenário, a figura tradicional do professor presencial cede espaço ao professor tutor. Desse modo, o principal objetivo do presente trabalho é verificar qual é o papel do tutor frente ao processo ensino-aprendizagem. É importante ressaltar que a EaD representa para o
mundo contemporâneo uma importante ferramenta de democratização do conhecimento, possibilitando que o aluno independente do espaço onde esteja e do tempo que disponha para se formar, possa ter acesso ao estudo. Nesse contexto, o tutor exerce o papel fundamental de mediador do processo de construção do conhecimento do educando, efetivado a partir do uso das tecnologias. A metodologia utilizada para elaboração deste estudo será a pesquisa bibliográfica. Como fundamentação teórica, faremos uso das contribuições de estudiosos como Vygotsky, Paulo Freire, Almeida e Corrêa.

txt-completo

 

 

40-spacer

8 – A EDUCAÇÃO FAMILIAR E O SEU REFLEXO NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL NA ESCOLA.
LIMA, Maria Queivilane Correia 

LER O RESUMO

A proposta deste artigo é fazer uma reflexão sobre a influência do contexto familiar nas relações escolares da primeira infância. Família e escola constituem ambientes essenciais na formação do desenvolvimento do ser humano. A família tem atravessado inúmeras mudanças e transformações na estrutura de pensamentos, valores, tempo dedicado às crianças, o consumismo, a má utilização da tecnologia e falta de limites trazendo assim, inúmeros problemas na vida emocional dos filhos. As relações familiares em seu caminho percorrido marcam profundamente a relação do indivíduo no ambiente escolar. Neste trabalho são destacadas situações vivenciadas pelo setor de atendimento ao aluno, em uma determinada escola em Fortaleza/CE. Os problemas trabalhados se referem às dificuldades de comportamento e aprendizagem, além de transtornos diagnosticados por laudo médico que necessitam de um acompanhamento direcionado. A equipe escolar trabalha em parceria com a família em busca da construção da personalidade saudável da criança em suas áreas emocional, intelectual, física e social. Neste contexto é importante se considerar todos os problemas vivenciados hoje nas escolas em relação à indisciplina, a falta de respeito ao outro, agressividade nos relacionamentos e bullying. Diante dos problemas apresentados é fundamental que família e escola estejam em uma relação de confiabilidade mútua e compartilhando a mesma linguagem nas estratégias encontradas em busca de soluções, que é o bem-estar do desenvolvimento da criança.

txt-completo

40-spacer

9 – AS CONTRIBUIÇÕES DA DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR.
LIMA, Maria Vandia Guedes

LER O RESUMO

O presente artigo cujo título: As Contribuições da Didática do Ensino Superior na Formação do Professor tem como objetivo analisar a didática do ensino superior e sua influencia na formação do professor, e como esse pode construir e reconstruir sua identidade profissional. Também tem o intuito de mostrar como a interação da teoria com a prática é fundamental, sem esse elo não se pode garantir ao discente e ao educador a formação integral. Para fundamentar esse estudo buscou-se se pautar em vários teóricos como: Candau (1984), Libâneo (2012), Freire (1996), Veiga (1989), Pimenta (1989) e outros. A metodologia utilizada possui uma abordagem quantiqualitativa, que foram aplicadas uma entrevista com 11 perguntas para 30 professores. As conclusões apontam que no momento que o professor universitário reconhecer à didática, e os diversos métodos de ensino, e mais do que isso, colocar em prática, poderá favorecer uma transformação na sua postura dentro do meio educacional, interferindo inteiramente na formação de profissionais de qualidade, e que estão aptos para o mercado de trabalho.

txt-completo

40-spacer

10 – PLURALISMO CULTURAL, RELAÇÕES DIÁRIAS E TOLERÂNCIA SOCIAL
BEZERRA, José Airton de Castro

LER O RESUMO

Quando  estamos  trabalhando  em  um  ambiente  escolar,  nos  deparamos  todos  os  dias,  a  cada minuto,  com  a diversidade  cultural. Novas pesquisas  apontam  a  necessidade  de  se  estar  sempre preparado,  ou  buscando estar, como  tarefa  principal  de  muitos  educadores,  frente  a essa  nova  visão  de mundo. Segundo Canen (2002, p.  207), “Reconhecer que a  sociedade  brasileira é multicultural significa compreender a diversidade étnica e cultural dos diferentes grupos sociais que a compõem”. No contexto atual do mundo, a principal atitude de desenvolvimento social é a educação. Um país que quer mudar seu rumo socialmente, economicamente e culturalmente tem que investir maciçamente na educação, principalmente naqueles que se tornarão futuros educadores, e, em particular, nos educadores de escolas públicas e privadas, através de projetos de educação continuada. Segundo Candau (1997), uma das preocupações está voltada para a análise crítica dos estudos na prática de formação de professores, nos quais as questões culturais e o impacto nas escolas não são temas abordados de forma a possibilitar uma mudança nessa visão reducionista praticada na escola.Nesse sentido, precisamos apontar o seguinte questionamento, como podemos criar uma escola diferente?  Nosso  objetivo  é  discutir  as relações  sociais  na  sociedade  atual  a  partir  da  necessidade de entendimentos  e  quebras  de  paradigmas,  uma  vez  que  as mudanças impulsionam  uma  escola  diferente, moderna e que atenda às necessidades da sociedade. Vamos construir um artigo bibliográfico tomando como base de ideias e  argumentações autores como Candau (1997), Canen (2002), Ferreira (2001), Bobbio (1992), entre outros que vão proporcionar a construção desse artigo.

txt-completo

40-spacer

11 – PORTFÓLIO: CAMINHO TEÓRICO-METODOLÓGICO PARA A FORMAÇÃO CRÍTICO-REFLEXIVA DO ARTE-EDUCADOR.
RABELO, Cleison Luis

LER O RESUMO

O presente artigo trata sobre oPortfólio: Caminho Teórico-metodológico para a Formação Crítico-reflexiva do Arte-educador. Teve como objetivoanalisar como o Curso De Pós-Graduação Lato Sensu de Arte-Educação e Cultura Popular contribui para a formação crítica e reflexiva do arte-educador. O estudo foi bibliográfico e documental. Apresentando como foco de análise os portfólios elaborados por alunos do Curso de Arte-Educação e Cultura Popular, a partir dos quais foi selecionada uma amostra. Os critérios de escolha foram: capacidade de sequência lógica e clareza; a formação docente. Quanto aos aspectos teóricos ressalta-se que foi realizado diálogo entre variados autores cujas obras se referem à temática pesquisada: formação docente, história da arte, prática educativa crítico-reflexiva e a utilização do portfólio como dispositivo teórico-metodológico para a formação do professor. Conclui-se, ao final que as possibilidades de utilizar o portfólio como recurso para a formação do arte-educador são relevantes, pois atendem aos paradigmas educativos e sociais contemporâneos.

txt-completo